23.6.05

Vida de Astronauta

Quando criança eu queria ser astronauta.
Cada época tem a sua magia;
eu achava que ser astronauta
era vivenciar a magia do nosso tempo.
Sim, a tecnologia tem lá a sua mágica, mas
o que eu queria era poder flutuar
e pensar que estava voando;
poder explorar outros planetas, novos mundos.
Me distanciar,
olhar a Terra de longe e,
quem sabe?
desta perspectiva diferente
compreender aquilo cujo entendimento nos é negado,
a nós que temos os pés no chão.

Quando cresci, mudei de planos.
Abandonei os projetos espaciais, acalentei outros sonhos...
Mas mantive os olhos atentos à magia
de ser leve, de aprender,
de adentrar o desconhecido
e de tirar os pés da terra.
Não sou astrounauta, mas arquiteta
de paisagens interiores.
Psicóloga exploradora de mundos,
e poeta!

5 comments:

Raquel said...

Tati, eu ja te falei pq esse sonho de astronauta....rs
Brincandeiras a parte, acho q somos todos astronautas, viajamos por essa galaxia da mente humana tentando achar seus buracos negros. Caminhamos pela Via Lactea do pensamento, tentando nao sair da órbita....
um beijo

Quel

D. Afonso XX, o Chato said...

Interessante. Teu um post meu onde falo que gostaria de viver na época em que viajar pelo espaço será a coisa mais comum para a humanidade. Cheguei a estudar Astrofísica, mas depois larguei quando vi que não dava em nada nesse país. Pena, já temos um astronauta brasileiro. Poderia ter sido eu, rsrsr bjs

Gabi said...

Quando era criança, eu queria ser astrônoma... Fiz pastas e mais pastas, sonhava com estrelas e queria - sim - pisar em outro planeta. E de fato, como a Raquel comentou, acho q estamos no caminho certo para realizar esse sonho de infância, ainda que metaforicamente. Complementando... A poesia é um portal para se atingir outros mundos - mesmo que sejam apenas nossos mundinhos internos, com seu caos e ordem, seu equilíbrio, suas tendênsias, tensões e sua suma perfeição.
Beijo, miga!
Te adoro D+!

PS: Acredite ou não... A frase dos relógios encontrei num livro de humor que o Renan me emprestou rsss =P

Omi said...

acho que todos ja sonhamos em ser astronautas.. mas se formos ver.. nos somos sim... somos o que kisermos.. viajamos por planetas chamados il,usoes, amores, sonhos, coraçoes, pessoas, vidas, tempos...
cada sensaçao diferente, que nunca foi explorada eh um novo planeta que se viaja e pousa... na paix
ão, no amor e no sonho tiramos os pes do chão.. viajamos para o espaço das nossas almas.. apenas ver de forma diferente.. viajar..
e vc dona tati eh uma das mais belas e promissoras astronautas
te adoro viu =***
logo vc ja vira estrela nesse espaço...

Lucas said...

Hum... Senti o perfume "papirológico" de uma doce nostalgia... Muito interessante!