23.8.05

Esta noite eu sonhei contigo e, no meu sonho, você estava em toda a parte. Você era a carne crua, a água morna, um desconhecido, parte de mim, uma bandeja, um pavilhão, um velho amor, um novo amigo, um chuveiro,um telefone. E no meu sonho eu te encontrava, te comprava, te agredia, te ligava, te mergulhava, te buscava, te cobria, te acalmava, te flutuava, te perdia, te adentrava...

Você me afogava,
eu te sobrevivia.

2 comments:

ka said...

Isso q é poetizar um sonho.....adorei....assim como te adoro muito...beijão

qualquer calmaria said...

"você me afogava, eu te sobrevivia"

Que frase mais profunda! Me fez lembrar de Adriana cantando Chico: "você vai me seguir aonde quer que eu vá / você vai me servir, você vai se curvar / você vai resistir, mas vai se acostumar
você vai me agredir, você vai me adorar / você vai me sorrir, você vai se enfeitar / E vem me seduzir
Me possuir, me infernizar / Você vai me trair, você vem me beijar / Você vai me cegar e eu vou consentir / Você vai conseguir enfim me apunhalar / Você vai me velar, chorar, vai me cobrir
e me ninar
--------
Beijo!