9.5.05

Há um mundo de sonhos em mim,
Um mundo de imagens de múltiplos sentidos.
Há toda uma outra realidade,
Um planeta diferente onde vivo,
Onde durmo, acordo, me alimento,
Onde rio, onde choro e me espanto,
E que cresce e se transforma no meu íntimo.

Nesse mundo, onde há deuses, e serpentes,
E campos floridos, e abismos profundos,
Eu me movo flutuando.
Observo como as cores são etéreas,
E se transformam com o tempo.

Reclinada no meu leito de folhas,
Eu assisto a tempestade se formando,
E sei sempre muito claramente
Que ela chegará arrancando árvores e telhados,
Alagando as casas, invadindo os páteos,
Derrubando as linhas de força e comunicação,
Destruindo pontes, queimando as casas...

E sei também que, no final,
haverá somente o silêncio e a cidade arrasada,
E a chance de um novo começo...

1 comment:

Ká said...

Mulher....como isso faz sentido para mim....é como se minha alma entendesse tudo o que escreveu....muito obrigada por tudo....te adoro muito.
beijo Ká